sábado, 20 de setembro de 2008

Arranjando problemas...


Assim....

É bem comum sofrer chorar por amor, as vezes por uma coisa bem boba mesmo,
Por solidão, por falta de resposta da outra pessoa, por manha, por qualquer coisa.

E ontem eu estava meio assim, me perturbando com a minha própria indesão.
Deixa eu explicar melhor, eu sou muito indecisa e não sei o que quero da vida, e isso tava me incomodando muito.

O dia passou e a noite eu entrei na internet, vi um e-mail que a Andressa me mandou.



If you think you are unhappy, look at them:
*Se você acha que você é infeliz, olhe para eles:














When you feel like giving up, think of this man...

*quando você pensa em desistir, pense neste homem...

Estudar te chateia? A eles não!


Além desses há várias situações assim, uma mais deprimente que a outra, aí eu te pergunto, o que realmente importa.
As vezes criamos problemas apenas para ter do que reclamar.

Mas se pensarmos bem : ter 2 pernas, 2 braços, uma saúde perfeita, ter comida, ter família, ter um emprego ou simplesmente a possibilidade de estudar(...)

Isso não é o suficiente?

Estamos com a faca e o queijo na mão... não é?

A questão é.

Tanta gente sofrendo com problemas infinitas vezes maior que o nosso. E a gente aki reclamando de tudo! Eu escrevi isso porque eu costumo reclamar muito, Mas sei que qdo ler isto vou me sentir uma boba.


E espero que todo mundo também se sinta assim... já seria um bom sinal de que o mundo ainda tem jeito ....








Um comentário:

Luciano disse...

O ser humano está fadado a ser desagradavelmente acomodado, é como um imã de desagradaveis pensamentos egoístas ridiculos. Como ser humano, como brasileiro, como estudante, como filho, como amigo e como apaixonado, fico indignado com o que vivemos.
Amor e respeito, básico e solução para o mau/mal da humanidade.